Folhado  |  milfolhado

Viburnum tinus L.

Família: Adoxaceae  ; Publicação: 1753

Distribuição geográfica: região mediterrânica. Em Portugal ocorre no sul e centro exceptuando zonas mais continentais, e no vale do Douro.

Caducidade: persistente

Altura: normalmente menos de 6m

Porte: arbusto ou raramente uma pequena árvore de copa arredondada
Ritidoma: castanho-acinzentado, praticamente liso
Folhas: simples, inteiras, curtamente pecioladas, oposto-cruzadas, ovado-oblongas a lanceolado-elípticas, até 10cm de comprimento.
Estrutura reprodutiva: flores reunidas em cimeiras corimbiformes até 10cm de diâmetro. Flores hermafroditas, actinomórficas, pentâmeras; sépalas reduzidas a 5 pequenos dentes; corola simpétala, branca com laivos rosados, rodada a curtamente campanulada; 5 estames livres; um pistilo com 3 lóculos; fruto uma drupa azul-escura a preta.
Floração: de janeiro a abril
Maturação dos frutos: verão, início do outono

Habitat e ecologia: em bosques perenifólios ou galerias ribeirinhas. Ocorre, normalmente, em altitudes baixas, embora tolere temperaturas até -10°C. Prospera tanto em locais sombrios como de plena luz. Tanto se dá em solos ácidos como básicos e requer alguma humidade. Tem um crescimento rápido em jovem, abrandando com a idade. É bastante tolerante à poda, regenerando rapidamente, mesmo dos ramos velhos.

Usos e costumes: um dos arbustos ornamentais mais cultivados em Portugal. Em tempos idos os seus frutos eram usados como purgante.

Modos de propagação: Por semente: Semear a semente, assim que estiver madura. A germinação pode ser lenta, levando por vezes, mais de 18 meses. No entanto, se a semente for colhida verde (quando já estiver totalmente desenvolvida, mas não totalmente madura) e semeada logo, poderá germinar na primavera. Para sementes armazenadas serão necessários 2 meses de estratificação amena e 3 meses a frio, e mesmo assim pode demorar 18 meses a germinar. Quando as plântulas tiverem o tamanho suficiente, coloque-as em vasos individuais, e plante-as no local definitivo na primavera seguinte. Por estaca: Este método é possível tanto com ramos verdes como semi-maduros ou maduros, dependendo da altura do ano. Pode mudá-los de posição assim que comecem a ganhar raízes. Por mergulhia dos ramos da época de crescimento, demorando 15 meses.

Designação em inglês / espanhol: Laurustinus / Ahojillado

Estado de conservação:  NE | DD | LC | NT | VU | EN | CR | EW | EX

* NE (Não avaliada), DD (Informação insuficiente), LC (Não preocupante), NT (Quase ameaçada),VU (Vulnerável), EN (Em perigo), CR (Em perigo crítico), EW (Extinta na natureza), EX (Extinta)

Tendência populacional: decrescente | estável | crescente | desconhecida

Nota: Segundo a Lista Vermelha da IUCN. Estado de conservação a nível global. O seu estado e tendência em Portugal pode diferir.

folhadodesenho.jpg

Rúben Boas

folhadofl.jpg

Rúben Boas

folhadofo.jpg

Rúben Boas

folhadofr.jpg

Rúben Boas

folhadomapa.jpg

zona mais adequada à plantação