Azedas

Oxalis pes-caprae L.

Família: Oxalidaceae 

Distribuição geográfica original: África do Sul.

Distribuição em Portugal: praticamente todo o território.

Características morfológicas: erva vivaz, com bolbinhos, de caules azedos, folhas de "trevo" e flores amarelas.

Ambientes invadidos: principalmente terras cultivadas e sítios descampados, sobretudo em solos argilosos. Não suporta bem as temperaturas muito baixas e geadas, acabando por morrer a parte aérea da planta.

Modos de erradicação:  Fisicamente: individuos isolados podem ser escavados, tendo em atenção que todos os bolbos e bolbinhos devem ser removidos de forma a impedir re-invasão. Não é fácil. Arrancar frequentemente antes de haver tempo para formação de novos bolbinhos acaba por enfraquecer a planta. Quimicamente: por pulverização com glifosato ou outro herbicida. Tendo em conta os possíveis efeitos adversos no ambiente e nas outras espécies, a sua aplicação deve ser sempre muito bem ponderada, sendo desaconselhada em áreas naturais.

Mais informação em http://www1.ci.uc.pt/invasoras/

azedas.jpg

Rúben Boas

mapatotal.jpg

zona onde a espécie está registada