Rododendro  |  adelfeira

Rhododendron ponticum L.

Família: Ericaceae  ; Publicação: 1762

Distribuição geográfica: sul da Europa e sudoeste da Ásia. Em Portugal encontra-se perto do litoral em duas zonas: Caramulo e Monchique.

Caducidade: persistente

Altura: até 5m

Longevidade: ultrapassa os 100 anos.

Porte: arbusto de ramos erectos ou patentes de copa arredondada.
Ritidoma: castanho-acinzentado, tornando-se rugoso, destancando-se em placas com a idade.
Folhas: oblongo-elípticas a oblongo-lanceoladas com 6-16cm, inteiras, verde-escuro-brilhantes na página superior e mais claras na inferior, glabras.
Estrutura reprodutiva: flores agrupadas em corimbos de eixo tomentoso; corola com 4-6cm, bastante afunilada, violáceo-purpúrea.
Floração: janeiro - junho
Maturação dos frutos: após a floração

Habitat e ecologia: terraços aluvinares nos leitos de ribeiras ou culoviões húmidos, pontualmente em matas mesotróficas marcescentes. Abrangente no que diz respeito ao pH do solo podendo viver em solos muito alcalinos Prospera tanto em locais solarengos como sombrios. Demasiada sombra pode retardar o seu crescimento, preferindo assim orlas de bosques ou florestas de folha caduca. Tolera temperaturas até -10ºC. É habitual expandir-se em densas sebes através da criação de raízes pelos ramos.

Usos e costumes: elevado interesse científico, sendo um testemunho da flora paleotropical terceária. A planta contém alcalóides venenosos para o gado. O seu enorme interesse ornamental nem sempre é explorado no nosso país, onde se encontra em equilíbrio com o ambiente; no Reino Unido, pelo contrário, foi introduzida nos jardins, mas cedo se tornou invasora.

Modos de propagação: Por semente: semear assim que as sementes amadurecerem, num local com alguma luminosidade, mantendo humidade no solo. Envase individualmente as plantas quando estas forem suficientemente grandes e mantenha-as num local ameno durante o primeiro inverno. Por alporquia / mergulhia em julho, demorando entre 15 a 24 meses. Por estaca: estacas semi-maduras em agosto. (opção difícil).

Informações adicionais: não é consensual entre os especialistas o reconhecimento de uma raça ibérica de rododendro que tem por nome R. ponticum subsp. ponticum (=R. ponticum subsp. baeticum (Boiss. & Reut.) Hand.-Mazz.).

Designação em inglês / espanhol: Rhododendron / Rododendro.

PERIGO: As folhas de muitas espécies deste género são venenosas. O pólen, se ingerido em grandes quantidades é tóxico.

rododendrodesenho.jpg

Rúben Boas

rododendrofl.jpg
rododendrotr.jpg
rododendromapa.jpg

zona mais adequada à plantação